Resenha de “Sheila Levine está morta e vivendo em Nova York” de Gail Parent

Sheila Levine

O que se pode esperar de um livro onde a protagonista está escrevendo uma carta para a família e amigos próximos, pois ela vai se suicidar por que não conseguiu se casar! HAHAHA Só muitas risadas mesmo!!!

Comprei esse livro na Bienal de São Paulo ano passado e paguei apenas R$5,00! Não dava nada pro livro, mas amei a capa (hahaha SSSSIMM A CAPA É MUITO IMPORTANTE PRA MIM!) resolvi ler logo em seguida da compra, por que sabia que se fosse deixando para depois eu não ia ler mais e ia acabar trocando no sebo!!

A história se passa nos anos 70 onde o casamento era muito importante para as mulheres (e para as famílias delas), ela já aos 30 ainda não tinha arranjado um marido por que ela era GORDA… Então ela resolveu escrever uma carta de adeus aos familiares e amigos próximos  Gente. vocês não imaginam o quanto é engraçado esse livro! Ela conta a vida inteira dela, inclusive os pontos picantes. Recomendo MUITO esse livro!!! Vou colocar a sinopse dele pra vocês:

 

“Sheila Levine Está Morta e Vivendo em Nova York, de Gail Parent, traz as confissões da personagem desde os seus quatro anos, idade em que passou pela primeira experiência de amor não-correspondido. São relatos divertidamente constrangedores sobre a infância e a adolescência, como a preparação para o casamento quando era uma criança de apenas sete anos, a vida de solteira na Universidade de Syracuse, a perda da virgindade, a formatura sem emoção no curso de arte dramática e a busca por um emprego criativo. Há também as fracassadas investidas amorosas, a viagem pela Europa, o desafio de se dividir um apartamento em Nova York… Enfim, todas as peripécias da vida de uma solteirona contadas de maneira engraçada e irônica, divertindo o leitor do início ao fim.”

 

Beijos e até mais!

 

ESTRELA21ESTRELA21ESTRELA21ESTRELA21

Anúncios

Resenha de “O lado bom da vida” de Matthew Quick

O-Lado-Bom-da-Vida-poster-nacional

Oii!! Voltei agora para fazer a resenha do livro “O lado bom da vida” .

Mais uma vez eu não sei nem como começar a falar, eu o li antes de assistir o filme, ele é ótimo, bem escrito, engraçado, romântico… Vou por um pedaço da sinopse dele:

“Pat Peoples, um ex-professor de história na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um “tempo separados”. 
Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, sua esposa negando-se a aceitar revê-lo e seus amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora um viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. 
À medida que seu passado aos poucos ressurge em sua memória, Pat começa a entender que “é melhor ser gentil que ter razão” e faz dessa convicção sua meta. Tendo a seu lado o excêntrico (mas competente) psiquiatra Dr. Patel e Tiffany, a irmã viúva de seu melhor amigo, Pat descobrirá que nem todos os finais são felizes, mas que sempre vale a pena tentar mais uma vez.
Um livro comovente sobre um homem que acredita na felicidade, no amor e na esperança.”

O livro pra mim teve um impacto muito grande, pois, ele nos mostra que não adianta as pessoas falarem ou mostrarem o caminho certo, ou o que é realmente certo, se nós não acreditarmos não adianta em nada ou o contrário também, se nós acreditamos muito em uma coisa, não adianta as pessoas falarem que não existe, só o que eu acredito é que certo!

Tudo o que nos mostra a realidade é impactante!

Quanto ao filme (trailer logo abaixo), ele dá a mesma impressão do livro, porem, como toda adaptação a história está bem diferente mas a intenção é a mesma. Amei os dois de jeitos diferentes.

Lembro que quando sai do cinema meu marido perguntou: “E ai, gostou? É diferente do livro?” e a minha resposta foi: “A-M-E-I!!! E sim, é diferente do livro”. O questionamento a seguir foi: ” mas como você gostou se é diferente do livro???” e gente, é o que eu acabei de falar, é diferente mas é bom! se o livro fosse escrito do jeito que foi feito o filme ele ainda seria ótimo.

Mais quatro estrelas para a coleção!

 

 

ESTRELA21ESTRELA21ESTRELA21ESTRELA21

Resenha de “O reverso da medalha” de Sidney Sheldon

oreverso2 oreversodamedalha

Olha eu aqui novamente!! Vamos falar sobre o meu autor preferido? SIIIM Sidney Sheldon, “O Reverso da Medalha“!! Postei duas capas pois a primeira é da nova edição (a qual eu queria muito fazer a coleção completa dele 🙂 ) e a segunda é de uma das primeiras edições, não vou falar que é da primeira por que eu realmente não sei, se alguém souber qual edição é, favor dizer nos comentários!!!

Eu o li na edição antiga, peguei emprestado da tia do meu esposo.

Que livro fantástico, hahaha, bem, não tenho o que dizer sobre o Sidney, para mim ele é o melhor no gênero dele, mas a história em si é muito boa, ela não fica presa apenas em um personagem principal, ela passa ai por várias gerações. O livro tem suspense, aventura (dá um friozinho na barriga de vez em quando), romance, ambição, preconceito, segregação racial, valores éticos… ou seja, fala de tudo em um livro só.

Recomendo a leitura para todos, não é uma leitura rápida, na verdade nessa edição que eu li a tradução tinha termos que hoje em dia nós não usamos mais, então perdi um pouco de tempo procurando no dicionário os termos, não sei se na edição nova a tradução foi refeita e se os termos estão mais comuns.

ESTRELA21ESTRELA21ESTRELA21ESTRELA21

 

 

Resenha de “A vez da minha vida” de Cecelia Ahern

Não falei para vocês que teríamos muitos posts no mesmo dia?? Pois é, tenho muuuitas resenhas para postar até ficar em dia com minha leitura atual.

Logo mais também postarei sobre as leituras de abril, o que estou lendo e o que pretendo ler. (Só não sei ainda se será via blog ou pelo canal do youtube 🙂 )

Vamos logo ao assunto né!

Agora a resenha será sobre o livro “A VEZ DA MINHA VIDA” da Cecelia Ahern.

 

 

A_VEZ_DA_MINHA_VIDA_1348590018P

 

Foi o primeiro livro que li dessa autora ( =O COMO ASSIM LETÍCIA VOCÊ AINDA NÃO LEU P.S. EU TE AMO???????) Pois é, eu ainda não li P.S. Eu te amo, está na minha meta de leitura deste ano, assim como o novo livro dela.

Como ia dizendo, foi o primeiro livro que li desta autora, ganhei de aniversário da minha tia e de cara já amei a capa, fui pesquisar na net, no site da Novo Conceito, saber mais sobre o livro e sobre a autora e achei um vídeo super bacana dos funcionários da Nova Conceito falando sobre ele (vou por o link logo abaixo!). Galera, me apaixonei por essa escritora, ela tem uma escrita ótima, a historia é muito bem feita e mesmo sendo impossível acontecer o que é falado, toca bem lá no fundo do nosso coração. NÓS MENTIMOS PARA NÓS MESMOS A VIDA INTEIRA! E ela fala isso para nós com uma elegância que nem percebemos que estamos na verdade é tomando um tapa na cara tipo: OOOW ACORDA PRA REALIDADE!!! hahaha

Esse livro merece muito 5 estrelas. É um dos meus favoritos e eu recomendo ele. Leitura simples, rápida e divertida!

 

ESTRELA21ESTRELA21ESTRELA21ESTRELA21ESTRELA21

 

 

Resenha de “Melancia” da Marian Keyes

melancia

Sinceramente, não é tudo isso que dizem por aí!

No começo até que é legal, você simpatiza com a personagem principal, fica com uma raaaaiva imensa do seu “marido”, tá, tudo bem, a história é boa, mas a escrita é cansativa demais gente! A autora é lerda para escrever o que quer!!! rsrsrs Isso torna a leitura muito lenta.

Sei que muitos vão discordar, recomendo sim a leitura dele, mas não posso dizer que A-M-E-I o livro.

Basicamente, ele conta a história de uma mulher (Claire), seu marido (James) e a bebezinha que nasce no dia em que ele a deixa para ficar com outra! Por isso eu digo: você vai sentir muita raiva do James, muita mesmo!

Ahh pessoal,  é isso então, história boa + escrita ruim = 2 estrelas!

Bye

ESTRELA21ESTRELA21

Resenha de “A culpa é das estrelas” de John Green

Acredito que essa semana teremos muitos posts por dia, pois até eu conseguir botar em dia as resenhas que tenho que fazer… Enfim, agora escreverei sobre o livro “A CULPA É DAS ESTRELAS” de John Green.

 

a_culpa_e_das_estrelas

 

Gente, não sei nem por onde começar!! O livro é fantástico!

Vou confessar que demorei muuuito para criar coragem para pegar este livro na estante e dar uma chance a ele, sei lá, tinha meio que um preconceito dele. Me arrependi de não ter lido antes. O autor tem uma ótima escrita e deixou claro desde o primeiro instante que pesquisou muito sobre o assunto para escrever este livro.

Histórias que envolvem doenças praticamente incuráveis como o câncer, sempre me comovem, mas nesta historia o que mais me comoveu é como eles veem a morte de um outro jeito, um jeito como nós não lidamos.

Posso dizer que aprendi algumas coisas com esse livro, e recomendo a leitura dele. Não digo que é meu livro favorito, mas com certeza é um dos melhores.

 

ESTRELA21ESTRELA21ESTRELA21ESTRELA21